A honestidade.


A honestidade.


"Todos nós sabemos o que é uma ação desonesta, mas o que é a honestidade, isso, ninguém sabe".
Anton Tchekhov

Você é honesto(a)? Já pensou na definição de honestidade? Difícil dizer o que significa honestidade, mas muito fácil mensurá-la: a honestidade é medida pelo número de amigos que você tem. Quanto maior for a quantidade de pessoas desinteressadas que te rodeiam, maior a sua honestidade.

Pela via inversa, os desonestos não têm amigos. São pessoas solitárias. Seus “amigos” sempre são recentes, nunca velhos amigos. Assim, meça a sua honestidade pelos antigos camaradas que o cercam. Olhe para eles, pense neles.

Se possuem uma convivência de anos, você é uma pessoa honesta, pois ninguém finge honestidade, e o desonesto acaba afastando os amigos de si. Quando muito, sobram apenas os cúmplices, nunca os amigos.

Através do famoso “mito do anel de Giges”, Platão nos mostrou que, o homem é levado pelo desejo de ter sempre mais poder, conforto, prazeres. Assim, somente a lei o reconduzirá ao respeito pela igualdade, pois seres humanos não agem assim de bom grado por natureza, mas forçosamente.

Giges era um homem honesto, mas, certa feita, conseguiu um anel que o deixava invisível. Logo, imune a qualquer punição. Bom, não deu outra, tornou-se desonesto.

É  comum em escolas brasileiras meninos serem vigiados por câmeras. Aliás, sempre estamos sendo monitorados, e isto é ruim. Quando uma criança precisa se comportar por estar sob olhos atentos, na verdade estar-se-á ensinando ao infante que, quando não estiver sendo visto, não precisa se comportar.

Portanto, ser honesto e ética é fazer o correto, mesmo que ninguém esteja reparando.


Comentários