O artista e o técnico.



Os artes são para os artistas e não para todos. Um pintor que extrai uma tela da sua alma é proativo, ele permite que um deus o possua e faz algo único, uma Mona Lisa. Se, depois, ele mesmo copiar a própria tela para vender, estará sendo reativo, apenas usando uma técnica de pintura, e não uma arte.

A música brasileira, assim como a cultura de maneira geral, vem sendo deteriorada pela ausência de artistas e excessos de técnicos plagiadores.

O conjunto de barulhos chamados funk são a expressão máxima do caos. Os chamados MCs sequer são técnicos. São horripilantes desafinados que só fazem barulho. Sequer conhecem a escala musical.

E que não se diga que as críticas são dirigidas porque eles são de favelas. Pixinguinha, Nelson Sargento, Cartola e tantos outros eram de comunidades pobres e artistas maravilhosos.

O mesmo conceito de arte se aplica à literatura, ao futebol, à dança etc.

Artista é o que cria, e não o que copia. E, na minha opinião, o maior de todos os tempos foi Chico Buarque, pois ele conseguiu fazer com o idioma português algo talvez melhor do que Camões.

Comentários